Para inspirar...

To feel inspired...

Já conhece Olhar do Palhaço?

Do you already know Olhar do Palhaço?



© Julia Cristine dos Santos
 O palhaço é uma figura milenar que atravessa gerações. Existem relatos de sua manifestação na antiguidade, no Egipto e Grécia antigos. Sua origem é incorporada à origem dos bobos da corte. Ele é actuante nas mais variadas esferas: pequenas e grandiosas lonas de circo, teatros, palcos itinerantes e recentemente, asilos, campos de guerra, prisões e hospitais.


 Porém, ser palhaço é mais do que ter o rosto pintado, uma roupa extravagante e um nariz vermelho. O palhaço vivência experiências numa vasta gama de situações e sentimentos, estimula o artista à resolução de conflitos e a simplicidade de seu ser. Surge da essência do que é mais humano, da expansão de nossas identidades e ego. Ser palhaço é o conhecimento de nossa individualidade.

© Julia Cristine dos Santos
Por detrás do nariz vermelho, a menor máscara do mundo que menos esconde e mais revela, o palhaço é uma entidade fora dos eixos, um arquétipo social que surge para mostrar a falibilidade, a fragilidade e o risível existente na espécie humana. Eterno inapropriado expõe e parodia as qualidades que consideramos inadequadas à sociedade. Esta função existe desde a antiguidade, quando o bobo da corte podia falar todas as verdades ao rei, sem perder a cabeça.

Assim, enquanto de um lado temos a figura insensata do palhaço, do outro, temos o hospital onde a precisão é elemento de suma importância. Horários devem ser cumpridos à risca: visitas, medicação, procedimentos, banhos, etc. O maquinário presente não deixa esquecer onde estamos por um minuto se quer. Passos apressados dos médicos e enfermeiros surgem do inesperado. Enfim, dois universos contraditórios e separados.

E nesta disparidade que o palhaço do hospital trabalha, focando os aspectos saudáveis, as possibilidades que o mundo médico lhe oferece, subvertendo a realidade hospitalar e se apresentando como especialista de qualquer especialidade. Oferecendo à criança a oportunidade de dizer não num mundo onde não tem este direito. Ela não pode negar o medicamento, o tratamento, a doença. O palhaço não aponta os defeitos de ninguém, apenas deixa que os outros apontem a si, mostrando de uma maneira subtil e sincera, o que todo mundo tenta esconder e oferece ao paciente a oportunidade de “viajar para longe” no momento em que entra pela porta de seu quarto.

A visita dos artistas possibilita o deslocamento da rotina hospitalar do ponto de vista do paciente, permitindo que os estímulos aos aspectos saudáveis possam ser valorizados. A criança então tem total o controle da situação e pode inclusive dizer não ao palhaço. Apesar disto, o sim é mais frequente.

Nesta afirmação, o palhaço constrói em conjunto uma nova realidade baseada nas ideias e na criatividade da cena que surge na totalidade deste encontro.






Nascido deste pensamento, o projecto “Olhar do Palhaço” actua semanalmente nos corredores do Hospital São Paulo. Nossos artistas trabalham sempre em duplas em visitas que acontecem leito a leito, visando à qualidade de vida das crianças, familiares e profissionais dos hospitais.

Além do programa de humanização, “Olhar do Palhaço” promove o intercâmbio artístico e a fomentação da troca de experiências entre profissionais de arte e equipe multidisciplinar do hospital em actividades de pesquisa e produção de novos conhecimentos, métodos e acções de trabalho que possibilitem o aperfeiçoamento artístico na actuação dentro dos hospitais e demais áreas.

Nossos artistas possuem formação em diversas expressões artísticas: música, dança, teatro e essencialmente, a linguagem do palhaço. Por ser uma actividade profissional, dedica seu tempo em produção, encontros para discussão do trabalho do hospital. Sempre pensando na qualidade dos encontros durante suas visitas. Trabalhar esta linguagem exige muita dedicação, estudo e, por que não dizer, disposição.

Todo trabalho é mantido através de doações individuais, parcerias com empresas, palestras e cursos desenvolvidos pelo projecto, intervenções e apresentações em empresas e nossa loja virtual.” 
(Sílvio Messias e Dr. Lorenzo, idealizadores e coordenadores artísticos do projecto "Olhar do Palhaço")





Sílvio e Lorenzo, obrigada pelo texto e pelas fotos! 😊


Sem comentários :

Publicar um comentário